• Atendimento ARCON

Os desafios de ser síndico

Muita responsabilidade e constantes desafios

são rotina na vida dos síndicos


Síndicos também são mediadores de conflitos

Gerenciamento de funcionários, orçamentos, conflitos entre moradores, manutenções, assembleias...

Essas são apenas algumas das muitas responsabilidades que os síndicos de condomínios têm de lidar no dia a dia.

Equivalente a um diretor ou gerente dentro de uma empresa, o perfil do síndico foi mudando ao longo dos anos. Atualmente, além de agregar diversas atividades, esse profissional também precisa saber lidar com o grande aumento no fluxo de informações e dividir com os condôminos as tomadas de decisão sobre temas referentes ao bem-estar de todos.

O maior e mais complexo desafio do síndico é a gestão dos recursos financeiros do condomínio. Gerenciar as despesas de acordo com as receitas mensais, requer uma observação constante, conciliação diária e um bom planejamento de gastos, como manutenções e prestação de serviços.

"Como facilitador das rotinas diárias, é essencial ao síndico contratar uma administradora participativa e que apresente serviços amplos e condução transparente na gestão dos recursos financeiros do condomínio", explica Robinson Cardoso, diretor administrativo do Grupo Arcon.

De acordo com ele, essa transparência e otimização dos recursos financeiros facilita um outro desafio do síndico que é o relacionamento com os condôminos.

É dever do síndico conciliar as necessidades e interesses dos moradores em relação ao que o condomínio precisa, porém, muitas vezes, em benefício da maioria, será necessário tomar decisões que frustrarão algumas pessoas. Com informações claras e embasadas, inclusive, no que se refere à legislação, essas tomadas de decisões podem não ser aquelas que um ou outro morador queria, por sua visão pessoal, mas fica mais fácil de ser entendida e aceita por ele.

Ser calmo, ter bom senso e disposição para encarar desafios são algumas das características mais esperadas nesse profissional, já que lidar com situações tensas é algo corriqueiro na vida do síndico.

Confira abaixo alguns dos pontos mais críticos da função e entenda como lidar com cada um deles:


Resolução de conflitos

Um dos grandes desafios dos síndicos, a resolução de conflitos é uma tarefa que exige muita habilidade e paciência. Isso porque é difícil fazer com que os moradores entendam que devem colaborar e cumprir regras, já que fazem parte de uma comunidade.

O recomendado é deixar claro aos condôminos que o síndico tem a obrigação legal de aplicar as normas e regras. Claro que sempre usando o bom-senso e prezando por manter uma boa relação com os moradores.


Prestadores de serviços

A falta de comprometimento de alguns prestadores de serviços é outro desafio que o síndico precisa saber lidar. Para evitar dores de cabeça, o ideal é sempre buscar por prestadores que venham por meio de recomendação. Também é importante que o prestador de serviços possua empresa legalmente estabelecida para que emita nota fiscal de seus serviços. Os comprovantes de pagamento junto a nota fiscal são documentos comprobatórios de despesas, essenciais à gestão transparente.


Consciência coletiva

O condomínio é um lugar que reúne pessoas com interesses e necessidades diferentes, mas que precisam entender que compartilham o mesmo espaço. Esse contexto faz com que o cargo de síndico exija também empatia e, a partir disso, tomar as melhores decisões. É preciso saber conciliar os interesses individuais, convertendo-os em necessidades coletivas.


Gestão financeira

É essencial que o síndico acompanhe a arrecadação das receitas mensais. Não estar preparado para os gastos que surgem, como uma manutenção emergencial ou aumento da inadimplência e deliberadamente gerar novas despesas, pode fazer com que a saúde financeira do condomínio entre em colapso.

São premissas que devem ser constantemente aplicadas:

  • criação de fundo de reserva e depósito mensal, proporcional à arrecadação.

  • acompanhamento do fluxo de caixa, com conciliação bancária diária por parte da administradora.

  • previsão e acompanhamento dos pagamentos de despesas ordinárias até o vencimento.

  • planejamento de benfeitorias e reformas.


Robinson Cardoso

Grupo Arcon – administradora de condomínios em Ribeirão Preto.

63 visualizações

GRUPO ARCON

ADMINISTRAÇÃO CONDOMINIAL, TERCEIRIZAÇÃO DE MÃO DE OBRA E NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS

 

SEDE RIBEIRÃO PRETO:

Av. Eduardo Gomes de Souza, 766 - City Ribeirão - CEP 14021-540

FILIAL SERTÃOZINHO:

Rua Dr. Antonio Furlan Jr., 1821 - Centro - CEP 14160-700

FILIAL SÃO JOSÉ DO RIO PRETO E REGIÃO:

Rua Jacinto Honório de Melo, 1410 - Jardim Canaã - CEP 15030-120

A Arcon é filiada/cadastrada:

- CRA-SP Conselhor Regional de Administração/SP                        - ACIRP - Associação Comercial de Industrial de Ribeirão Preto                                               © 2020 ARCON